Falha em carreta é investigada como causa da maior tragédia rodoviária do ES

O secretário da Segurança Pública do Espírito Santo, André Garcia, esteve no Departamento Médico Legal de Vitória na tarde desta quinta-feira (22), onde declarou que considera o acidente com mais de 20 mortos em Guarapari a maior tragédia rodoviária da história do estado. “Pelos dados levantados pela PRF e pelo Corpo de Bombeiros Militar, trata-se da maior tragédia rodoviária do estado, sem dúvidas”, disse.

Falhas mecânicas na carreta são investigadas como causa do acidente. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que a carreta transportava uma pedra de granito de 41 toneladas. O peso está acima do limite permitido, que é de 30 toneladas. A carreta também circulava com pneus carecas.

Acidente entre ambulâncias, carreta e ônibus deixa 21 mortos na BR-101

O acidente envolvendo duas ambulâncias, uma carreta e um ônibus deixou 21 mortos e 22 feridos no km 343 da BR-101, em Guarapari, na Grande Vitória, sendo que 12 foram atendidas em hospitais da Grande Vitória. A última atualização sobre as vítimas foi divulgada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), às 13h12.

O acidente aconteceu por volta das 5h50 desta quinta-feira (22). Os dois sentidos da rodovia foram interditados para realização de perícia no local. Às 16h40, a BR-101 foi completamente liberada.